quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Oficina "O Corpo do Palhaço" com Daniel Gustavo

Vem aí a Oficina de Montagem O Corpo do Palhaço – Vivências para contatar o estado clown, ministrada pelo ator e palhaço Daniel Gustavo. De 22/09 a 08/12, segundas, das 19:30 às 21:30. A oficina acontece no Espaço Cômica Cultural (Av. Osvaldo Aranha 1070/503). As inscrições acontecem através da Cômica, o telefone de lá é 3268 7016. O investimento é de R$459,00 à vista ou 3 X de R$170,00.



Sobre a oficina:

O palhaço vive o aqui e o agora. O palhaço responde aos estímulos do ambiente com seu corpo, negligenciando a lógica racional a que estamos submetidos cotidianamente. Para o palhaço, um caminho longo e tortuoso é o mais eficaz, pois a graça surge de sua autenticidade. Não queira parecer, mas, sim, ser! Esta oficina tem como principal objetivo, através de dinâmicas e jogos específicos, visitar os corpos de seus participantes, disponibilizando-os para a presença do clown em cena. Entre outros, serão abordados temas como: presenciar o aqui e agora; dançar suas emoções; exercitar o músculo da imaginação; revisitar sua criança interna; abrir seu olhar; respirar com consciência; diferenciar o ser do parecer e provocar tensões necessárias no corpo. Não há necessidade de se ter experiência prévia em palhaçaria. No final, haverá uma montagem de conclusão aonde os alunos colocarão em prática as técnicas aprendidas no curso.


Daniel Gustavo é formado na Escola de Teatro Popular da Terreira da Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz (onde atuou nas montagens de oficina "A Invasão", "A mais-valia vai acabar, seu Edgar" e "A alma boa de Setsuan" e nos espetáculos da Tribo "A saga de Canudos" e "Kassandra in process"). É um dos fundadores do Grupo Trilho de Teatro Popular ("Aviso Prévio"; "A decisão – peça didática de Bertolt Brecht"; "Ela, a vespa libertada" e o recente espetáculo de rua "Umbigo").

Desde 2008, desenvolve pesquisa da técnica clown, iniciando com o curso de Iniciação ao clown ministrado por Ekin e Melissa Dornelles. A partir daí, formou-se um grupo de pesquisa com intervenções na rua, nos hospitais e em cabarés de variedades durante um ano de trabalho contínuo. Desta experiência, um pequeno grupo de palhaços empreendeu visitas periódicas ao Hospital da Criança Conceição e muitas das gags produzidas neste específico ambiente serviram como base para a estreia, em 2013, do monólogo clown "O Homem Mais Sério do Mundo" (com direção de Melissa Dornelles e realização do Grupo Trilho) resultado de um processo trilhado desde 2012.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...